Artigos

Como funciona o sistema de saúde da Irlanda?

sistema-de-saude-irlanda

Tempo de Leitura  6 min

A alta do desemprego aliada com a crise econômica fez propensa a imigração por parte da população brasileira rumo a outros países.

A América do Norte – principalmente os EUA, é o principal destino escolhido.

Em segundo lugar, encontra-se a Europa e é sobre ela que iremos falar hoje, em especial sobre a Irlanda e o seu sistema de saúde, que é um tema bastante relevante, principalmente para você que tem planos de trabalhar ou estudar no país.

Como funciona o sistema de saúde da Irlanda?

A Irlanda é um país europeu com uma população de aproximadamente 5 milhões de pessoas e uma grande atração turística para viajantes do mundo inteiro.

E não apenas isso, há quem busque no país não só como forma de turismo ou lazer, mas sim como uma forma de encontrar novas oportunidades no mercado de trabalho, e isso se deve principalmente pelo fato do país ter diversas coisas atrativas como uma qualidade de vida alta e uma baixa taxa de desemprego – cerca de 5%.

 Sabemos que um planejamento eficiente e o conhecimento das peculiaridades de cada país que se pretende visitar faz toda a diferença na experiência na viagem e até mesmo para evitar surpresas desagradáveis no caminho.

Aos poucos espera-se que os protocolos de controle e prevenção do coronavírus diminuam e com isso aumente, e volte ao normal o fluxo de viagens que ocorria normalmente na Europa.

Com isso, é importante saber que estrangeiros que desejam entrar em solo irlandês devem possuir seguro de saúde. Isso mesmo, um dos requisitos para a emissão do seu visto e a entrada em solo irlandês – é a aquisição um seguro de saúde privado. 

Ocorre que na Irlanda não há um sistema de saúde propriamente público, onde quem oferece os serviços médicos geralmente são empresas privadas, onde o governo subsidia os valores para quem não possua condições ou atenda aos requisitos de participação.

Um exemplo é o Medical Card, que oferece  serviços médicos, prescrição médica e atendimento hospitalar de maneira gratuita – sendo necessário para isso comprovar que atende os requisitos e não tem condições de arcar com um seguro privado.

Serviço de saúde para estrangeiros

O governo irlandês justifica que a obrigatoriedade da aquisição de um seguro de saúde para estrangeiros no país é algo positivo, isso porque os estrangeiros que pretendem passar um tempo na Ilha da Esmeralda teriam a sua disposição um dos melhores sistemas de saúde de toda a Europa caso necessitem.

Pessoas com mais de 70 anos ou menos de seis anos têm direito ao Visit Card, que oferece serviços gratuitos médicos.

Você não se encaixando nesse cenário o acesso à saúde será baseado na sua renda, sendo que uma pessoa que mora sozinha e que ganhe até € 14.592 por ano pode se qualificar, por exemplo.

Na Irlanda o conceito de saúde pública é diferente do utilizado no Brasil.

Aqui o acesso à saúde é oferecido de forma gratuita para todos, já na ilha da esmeralda o acesso público não implica necessariamente em gratuidade, isso porque todos, estrangeiro ou cidadão, podem usufruir de atendimento médico, porém para que isso ocorra, na maioria dos casos, deverá ser pago.

Funciona da seguinte forma – caso você precise de atendimento médico, você irá se dirigir a um hospital onde será colhido as suas informações e você será atendido normalmente.

Após isso, chegará em sua residência a cobrança dos serviços oferecidos no dia para você.

Contando há o Medical Card que tem a participação do governo e que proporciona acesso a serviços médicos de forma gratuita a diversas pessoas que atendem os requisitos.

sistema-de-saude-irlanda

General Practitioner (GP): Clínico geral

Um ponto curioso no sistema de saúde da Irlanda, embora comum em países europeus, é a figura do GP, que é um clínico geral que ficará responsável por fazer o seu acompanhamento médico ao longo do tempo.

Requisição de exames, encaminhamento ao especialista e outros, tudo isso será realizado pelo GP, onde no decorrer da avaliação ele irá dizer se há a necessidade da ida ao especialista ou não.

O GP é escolhido de acordo com a região onde você mora e geralmente atende próximo a onde você mora para que, em caso de necessidade, o suporte médico fique o mais próximo de você possível.

No site do governo irlandês você poderá encontrar os GPs que atendem próximo a onde você mora e realizar a escolha entre um deles.

Quanto custa uma consulta ao GP

Dito que as consultas ao médico na Irlanda são pagas e um ponto importante para se colocar na balança são os preços dessas consultas.

 O valor base das consultas costumam variar de acordo com a região em que o GP atua, nos  grandes centros urbanos elas tendem a ser mais caras.

Com uma faixa de 50 a 70 euros você encontra atendimento ao GP.

É importante dizer que em feriados e atendimentos de madrugada ou coisas do tipo, os valores aumentam.

Medical Card: O que é e benefícios

Medical Card é um cartão emitido pelo Health Service Executive(HSE) e permite que você obtenha acesso gratuito a diversos serviços de saúde na Irlanda.

Confira aqui os benefícios do Medical Card:

  • Serviços gratuitos de GP
  • Serviços ambulatoriais
  • Acesso a serviços de cuidados pessoais
  • Aconselhamento psicológico
  • Subsídio maternidade de 10,16€ para cada filho
  • Acesso a medicamentos prescritos.

É realizado um teste de recursos para saber se você se qualifica para o cartão e atende os requisitos de renda para participar.

A solicitação do Medical Card pode ser realizada através deste site.

 

 

Avalie a post

Leave a Reply

Your email address will not be published.