Artigos

Como ser professor de inglês nos Estados Unidos?

como-ser-professor-de-ingles-estados-unidos

Como ser professor de inglês nos Estados Unidos? Um guia rápido para esclarecer suas dúvidas

Por onde começar?

Construir uma carreira como professor de inglês nos Estados Unidos pode parecer uma ideia tentadora para aqueles que são fluentes nesse idioma e já lecionam no Brasil.

Ter a oportunidade de praticar o inglês todos os dias com falantes nativos, viver a rotina de um americano e ainda ganhando em dólar é, sem dúvida, um prato cheio para brasileiros que atingiram um nível avançado de proficiência na língua inglesa.

Se você acredita que, apesar de atrativa, essa possibilidade é remota, não desista tão cedo deste artigo.

Mais adiante, você verá que é perfeitamente possível ser brasileiro e atuar tanto em escolas públicas quanto em escolas privadas nos EUA.

Não se trata de um planejamento que deve ser feito às pressas, porém, com determinação e uma boa dose de foco, você não se arrependerá de ter tentado!

Essa é uma fantástica chance de não apenas conhecer a cultura americana como um turista, mas de fazer parte dela nos mínimos detalhes.

Embora sejam programas com duração limitada, você poderá ter o gostinho de se inserir no circuito educacional americano, de conviver com outros professores e saber quais são os desafios de ensinar inglês tendo-a como segunda língua e não como primeira.

Requisitos, remuneração e visto

Começar a vida de professor de inglês nos Estados Unidos é mais fácil do que você imagina.

Com certeza, você já ouviu falar dos intercâmbios para estudar inglês nos EUA, que são muito procurados por adolescentes, mas há agências de intercâmbio no Brasil que são especializadas em intercâmbios de trabalho – inclusive o trabalho como professor!

Antes de buscar uma dessas agências, ver preços e fazer grandes planos, tenha em mente que existem alguns requisitos para concorrer a essas ofertas de trabalho.

Você deve:

A remuneração de um professor intercambista nos Estados Unidos varia de escola para escola, mas os valores podem chegar até US$ 60.000 por ano.

Considere sempre que as vagas não exibem o valor do salário mensal, mas anual, ok?

É fundamental salientar também que esses programas têm como objetivo que um professor estrangeiro lecione por no máximo 1 ano nos EUA.

Caso você pretenda passar mais tempo no país, pode estender o visto por até 3 anos.

Em seguida, você precisará voltar ao Brasil ou aplicar para um novo tipo de visto que o permita residir no país, afastando-se do perigo de se tornar um cidadão ilegal.

como-ser-professor-de-ingles-estados-unidos

Outra possibilidade: as bolsas da Comissão Fulbright Brasil

Talvez você esteja pensando que ser professor nos Estados Unidos não deva estar necessariamente atrelado a uma agência de intercâmbio, e você está certo.

Embora as agências tornem o processo muito mais simples, você ainda pode contar com as bolsas da Comissão Fulbright, uma organização do governo dos EUA que está presente em mais de 160 países – incluindo o Brasil.

Essas bolsas são destinadas a professores que desejam se aprimorar no inglês e na metodologia americana de ensino, assim como a pesquisadores (nível Mestrado e Doutorado) que desejem mover sua pesquisa para solo americano.

Os programas variam de seis semanas a três anos.

A Comissão Fulbright tem algumas preferências, como professores que, no Brasil, lecionem em escolas públicas (municipais, estaduais ou federais); entretanto, algumas bolsas permitem a participação de professores egressos de universidades privadas.

O professor que desejar aplicar para as vagas não deve estar em caráter temporário; portanto, se você for professor efetivo, suas chances são reais de conseguir o auxílio da Comissão.

O nível avançado de inglês deve ser comprovado via TOEFL e os contemplados recebem ajuda de custo, além das passagens aéreas, moradia, seguro-saúde e material didático.

Uma curiosidade é que a Comissão Fulbright também seleciona professores de português que desejem atuar nos EUA, como assistentes de sala, em escolas que ensinam o português como segunda língua.

Ainda inseguro? Então, leia isto

Ser professor de inglês nos Estados Unidos não é uma experiência que fica restrita a cursos de inglês para estrangeiros, como muitos licenciados em Letras têm em mente.

É possível dar aulas em escolas privadas e escolas públicas nos EUA, convivendo principalmente com alunos do primeiro segmento do Ensino Fundamental (crianças de 7 a 10 anos).

Caso você se sinta inseguro com o nível do seu inglês, considere que você pode participar de cursos de formação de professores em diversas escolas e universidades americanas.

Geralmente, são cursos de 8 semanas, e destinados especificamente a estrangeiros.

O professor matriculado nesse tipo de curso aprende a preparar aulas, ensinar habilidades específicas de oralidade e escrita em sala de aula, utilizar recursos audiovisuais para tornar as aulas mais atrativas e a lidar com as dúvidas mais comuns dos alunos.

A idade mínima exigida costuma ser de 16 anos e os preços variam de R$ 5 mil a R$ 48 mil; portanto, tudo depende do quando você pode investir e da faixa etária para a qual você pretende lecionar (cursos de inglês para crianças são os mais baratos).

Se parece muito desafiador, é porque é! Mas não é impossível para quem teve uma educação bilíngue ou simplesmente tem uma grande identificação com a cultura americana.

Os que têm outros intercâmbios no currículo podem transformar essa oportunidade em uma carreira sólida e muito recompensadora.

Sem dúvida, é o caminho ideal para aqueles que procuram sair da zona de conforto e explorar por si mesmos uma nova forma de praticar e ensinar a língua inglesa.

No fim, você terá muitas histórias para contar e uma bagagem internacional valiosa, que abrirá portas para novos cargos aonde quer que você vá (lembre-se de que há muitas escolas ao redor do globo que admitem professores de inglês, não apenas as americanas!).

5/5 - (1 vote)

Leave a Reply

Your email address will not be published.