Artigos

Como ser veterinário na Austrália

veterinario-australia

Desejada por muitos brasileiros, a Austrália possui excelentes condições, quando comparada com os Estados Unidos e a Inglaterra, para profissionais formados migrarem para o país.

Uma delas é a atuação como veterinário.

Saiba quais são as etapas do processo de qualificação profissional para quem se formou no exterior e como você pode se tornar um veterinário na Austrália.

Boa leitura!

Exame de proficiência

A primeira etapa para se tornar apto a trabalhar como veterinário na Austrália é possuir ampla habilidade com o inglês e realizar um exame de proficiência.

Tanto para o processo de revalidação do diploma, quanto para o requerimento do visto de trabalho, será necessária a apresentação da nota do exame.

Confira as notas mínimas exigidas nos principais exames pela AVBC – Australasian Veterinary Boards Council, que regulamenta a profissão e a inscrição de profissionais estrangeiros no país:

  • IELTS Academic: nota mínima de 7 em cada componente (escuta, leitura, escrita e fala);
  • OET: nota mínima de B ou 350 em cada componente;
  • PTE Academic: mínimo de 65 em cada componente;
  • TOEFL iBT: nota mínima de 24 nas seções de escuta e leitura, 27 na seção de escrita e 23 na seção de fala.

Revalidação do diploma

Para poder atuar como cirurgião veterinário na Austrália é necessário ter o grau reconhecido.

Profissionais formados em alguns países possuem essa equivalência de maneira automática, o que infelizmente não é o caso do Brasil.

Por conta disso, é necessário se inscrever em um processo de revalidação de diploma, organizado em três etapas pela já citada AVBC.

Avaliação de elegibilidade

O primeiro passo para a revalidação do diploma é possuir um diploma de formação em veterinária emitido por uma instituição reconhecida pela AVBC, sendo que diversas universidades brasileiras estão elencadas nela.

Além disso, você também deve ser licenciado, registrado ou qualificado por um órgão competente com veterinário, no caso do Brasil, o conselho regional do seu estado, a fim de atestar que você possui uma boa reputação no país em que estudou e trabalhou.

Dentre os critérios de elegibilidade está também a apresentação da nota do exame de proficiência.

A aplicação é realizada no site da AVBC e está condicionada ao envio de alguns documentos, como a cópia do seu passaporte e do diploma.

veterinario-australia

Exame preliminar

Após ter os critérios de elegibilidade avaliados você passará para a etapa do exame preliminar, conhecido como MCQ.

A prova tem como objetivo atestar o seu conhecimento geral na ciência veterinária e se você sabe como aplicar esse conhecimento.

O teste é dividido em duas etapas, conhecimento básico e raciocínio clínico, sendo o mesmo realizado por computador.

Os locais disponíveis para a realização da prova incluem diversas cidades na Austrália, Nova Zelândia e parte da Ásia, mas infelizmente nenhuma no Brasil.

O exame pode ser repetido por até 3 vezes, caso o candidato não passe em sua terceira chance terá de aguardar 2 anos para realizá-lo novamente.

Exame clínico

Após a aprovação no exame preliminar, você estará apto a realizar o exame clínico, a última etapa para revalidação do diploma. 

Realizado de maneira prática, essa prova tem como missão atestar o seu conhecimento e compreensão de doenças e do manejo do animal nas condições permitidas pela Austrália, incluindo demonstrar capacidade de tomar decisões apropriadas sobre as etapas que envolvem o diagnóstico e regimes de tratamento.

Cada decisão tomada durante a realização do exame deverá ser explicada e justificada.

A prova tem duração de 5 dias e é realizada em uma escola de veterinária australiana, atualmente na Universidade de Queensland.

Alguns estados permitem que você trabalhe como sob supervisão direta enquanto se preparava para o exame prático como forma de auxílio nos estudos, caso você já possua visto para permanecer no país durante o período correspondente. 

Inscrição em um conselho estadual

Após finalizar o processo de revalidação do diploma, você ainda não estará totalmente apto para trabalhar como veterinário na Austrália, para isso deverá se registrar no conselho estadual do estado que você pretende atuar.

A lista dos conselhos está disponível no site da AVBC, a partir dela você pode conferir os critérios específicos de cada estado.

Visto para trabalhar na Austrália

Com a sua situação perante o exercício legal da profissão regularizada, faltará apenas o visto para que você consiga se mudar definitivamente para o país.

A Austrália carece de mão de obra qualificada, e entre as áreas elencadas como necessitadas, as chamadas Critical Skills, está a veterinária.

O programa de visto que concede o direito de trabalhar e morar no país através de uma profissão que o país tem interesse é o Skilled Visa, que dá direito ao trabalho de inclusive trazer a sua família para morar com sigo no país também.

O primeiro passo para ser elegível ao Skilled Visa é apresentar uma manifestação de interesse ao governo australiano, após o aceite, que costuma ser fácil se você realmente é um profissional qualificado, os seguintes itens deverão ser apresentados:

  • Nota de um exame de proficiência;
  • Diploma universitário;
  • Comprovação de reconhecimento profissional – nesse caso a revalidação do diploma e a inscrição em um conselho estadual;
  • Dados sobre sua experiência de trabalho, projetos de trabalho e cartas de recomendação;
  • Comprovação de validação de habilidades.

Todos esses itens culminarão em uma nota dada pelo governo australiano, que considera sua qualidade como profissional. A entrada no país é feita somente após o convite do governo, quanto melhor sua nota mais rápido esse convite será feito.

O governo da Austrália possui um site que facilita a oferta de empregos, por lá você pode se conectar com empregadores e chegar ao país pronto para trabalhar. 

Mercado de trabalho para veterinários na Austrália

As áreas de atuação de um veterinário na Austrália são similares às do Brasil. Você pode atuar como veterinário clínico, atuar como um especialista em determinadas áreas ou trabalhar em abrigos de animais.

O salário médio de um veterinário na Austrália é de 66 mil dólares australianos anuais, valor excelente quando comparado com a realidade do Brasil e mais do que suficiente para se manter no país da Oceania.

E aí, pronto para ser veterinário na Austrália?

Avalie a post

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *