Artigos

Impacto da pandemia na educação: resultados do PISA

Um declínio preocupante no desempenho dos estudantes foi demonstrado pelos resultados do PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos), sinalizando a necessidade urgente de reavaliar o sistema educativo e as escolhas de políticas públicas feitas durante a pandemia. 

O Brasil teve quedas significativas em relação à média da OCDE, especialmente em leitura e matemática. 

As razões potenciais incluem as consequências da pandemia, que resultaram no encerramento de várias escolas, e a integração insuficiente de crianças que são imigrantes de segunda e terceira geração. 

Leia também: Êxodo em massa: quase meio milhão de israelenses deixaram o país após 7 de outubro, diz Jornal Times of Israel

Aliás, as pontuações diminuíram na Suécia, apesar das escolas estarem abertas, e quase não registraram uma queda no Peru, apesar do encerramento prolongado das escolas.

Para compreender plenamente a ligação entre a pandemia, o encerramento das escolas e o declínio do PISA, são necessários mais estudos científicos. 

Quaisquer que sejam as razões, tem havido uma falta de reação eficaz, como não prolongar o calendário escolar nem fazer investimentos para compensar a perda de aprendizagem, especialmente para alunos oriundos de meios desfavorecidos. 

Por fim, a queda acentuada do PISA sublinha a importância de rever os quadros e medidas educativas adotadas durante a epidemia.

 

Fonte: ECO

 

Encontrou algum erro no artigo? Avise-nos.

Avalie a post

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *