Artigos

Número de candidatos a medicina cai pela metade em 8 anos

De acordo com a pesquisa “Demografia Médica no Brasil”, realizada pela Faculdade de Medicina da USP, a procura para ingresso em cursos de medicina no Brasil diminuiu 50% de 2014 a 2022. 

A relação candidato/vaga caiu de 46,5 para 20,4 neste período, atribuído principalmente a um crescimento substancial no número anual de vagas, que registrou um aumento notável de 105,3%. 

As instituições privadas, por sua vez, foram responsáveis pela maior parte das novas vagas, já que o governo federal emitiu edital concedendo autorização para até 5,7 mil novos cursos médicos privados. 

Leia também: Estudantes da FGV EPPG Brasília conquista 1º lugar no Hackathon 2023 do Banco do Brasil

O professor Mario Scheffer manifesta apreensão, afirmando que a proliferação de universidades privadas pode comprometer a qualidade do ensino em busca de ganhos financeiros.

Além disso, os gastos mensais com cursos de medicina em 2022 variaram entre R$ 4.900 e R$ 14.500.

Por sua vez, a concentração de candidaturas e vagas está distribuída de forma desigual pelos cinco estados, com queda de 10,7% na relação candidato/vaga nas instituições públicas e mais de 70% nas instituições privadas.

 

Fonte: Folha de São Paulo

 

Encontrou algum erro no artigo? Avise-nos.

Avalie a post

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *