Artigos

Tudo sobre o GMAT

gmat

Você pretende fazer um MBA e está avaliando as possibilidades fora do Brasil?

Provavelmente você encontrou uma sigla em sua pesquisa: GMAT.

Saiba o que significa essa sigla, qual a sua relevância para processos de admissões em universidades estrangeiras e como você pode obter a sua nota.

Boa leitura!

O que é o GMAT?

O GMAT – Graduate Management Admission Test, é uma prova que atesta a qualidade acadêmica de estudantes interessados em entrar em MBAs de escolas de negócios em todo o mundo.

A nota da prova é utilizada por mais 2100 instituições de 114 países, encontrada principalmente nos Estados Unidos e na Europa. Dentro dessas intuições, estão 6.000 programas que usam a nota do GMAT como critério de seleção, sendo mais de 600 os centros de teste espalhados pelo mundo.

O exame é projetado para testar de maneira minuciosa as habilidades mais importantes para programas de negócios e gerenciamentos.

Essas habilidades são: escrita analítica e resolução de problemas matemáticos, que juntos avaliam o entendimento de dados, a lógica e o raciocínio crítico a partir de questões que consideram a aplicação prática do conhecimento.

Lembre-se de se dedicar aos estudos. O GMAT é um exame considerado difícil.

Você pode procurar ajuda profissional para aumentar suas chances de obter boas notas ou estudar por conta própria, através de livros e guias com questões similares às do exame.

Como o exame é dividido?

O GMAT é realizado integralmente pelo computador e é divido em 4 seções a serem respondidas em 3:30h:

  • Avaliação de escrita analítica: mede o raciocínio e a construção de um análise escrita;
  • Raciocínio integrado: mensura a capacidade do estudante em alargar e sintetizar dados de fontes e formatos diferentes para resolver problemas complexos;
  • Quantitativa: mede a capacidade de raciocinar quantitativamente e saber verificar quantos dados são necessários para resolver problemas;
  • Verbal: mensura a capacidade de analisar textos, fazer modificações e transmitir o significado dos conteúdos de maneira correta em inglês.

Não são disponibilizadas pela organização do exame a quantidade de perguntas correspondentes a cada seção.

Pontuação

A pontuação do GMAT é dada de forma separada para cada seção e de maneira total, porém, a chamada “GMAT Total” – que vai de 200 até 800 – não representa a junção das notas das 4 seções, mas apenas da quantitativa e da verbal.

A nota é disponibilizada para o participante após 3 semanas da realização da prova e pode ser analisada de maneira geral, ou seja, em comparação a outros participantes, ou com relação à universidade e programa pretendido.

Por exemplo, o ideal é que antes de realizar a prova você já saiba para quais programas você deseja aplicar, assim você poderá solicitar às universidades as notas médias dos estudantes aprovados nos processos seletivos em anos anteriores.

Alguns programas podem exigir nota maiores em seções específicas, como escrita analítica, enquanto outros podem considerar apenas uma das áreas analisadas, como raciocínio integrado.

O acesso à pontuação é feito de maneira online e fica disponível para consulta e impressão de maneira permanente.

gmat

Quando e onde realizar a prova?

A prova pode ser realizada em centros credenciados espalhados por todo o mundo. O Brasil possui 7 centros autorizados, localizados nas seguintes cidades: Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro, Fortaleza e Porto Alegre.

Como a prova é aplicada de maneira online, basta verificar qual é o centro autorizado mais perto de você e agendar uma data para sua realização.

Custos

Os custos do GMAT variam de país para país. No Brasil a tarifa é de 250 dólares, sendo possível responder o exame 5 vezes por ano.

Curiosidades sobre o GMAT

Uma das últimas atualizações do exame foi feita em 2012, quando uma nova seção que mede a capacidade de avaliação de dados em formatos tecnológicos atuais e de diversas fontes foi aplicada. Habilidade considerada crucial para alunos de administração, por conta do avanço da tecnologia e da riqueza de dados a que estamos disponíveis.

Por ser reconhecido mundialmente, um dos fatores que garante a notoriedade do exame é a sua aplicação que atesta as mesmas habilidades com o mesmo nível de precisão, independente do lugar onde a prova está sendo aplicada.

Todas as questões do GMAT são desenvolvidas por especialistas de diversos países, e incluem exemplos multiculturais, evitando o foco na cultura e no inglês apenas dos Estados Unidos.

As perguntas utilizadas no teste GMAT não são padronizadas, ou seja, ao realizar a prova no computador, as questões postas para cada participante dizem respeito ao seu nível de habilidade. Isso faz com que a nota final seja extremamente precisa e baseada no conhecimento real do estudante.

A segurança aplicada aos dados que envolvem o exame também são outro ponto.

As questões são de difícil memorização e a mesma pergunta dificilmente é apresentada para mais de um candidato de forma idêntica.

Dicas para se sair bem no dia do teste

Relaxe: no dia da prova se concentre para manter sua mente confiante, durma bastante e mantenha sua mente livre de estresse.

Planeje sua logística com antecedência: saiba como checar no seu local de prova e qual tempo esse trajeto levará.

Procure chegar com 30 minutos de antecedência e verifique se o seu documento está com você.

Leia as perguntas com calma: não ceda a pressão, foque a sua atenção no problema apresentado pela questão e utilize a técnica da eliminação de alternativas para chegar ao item correto.

Confirme sua resposta apenas quando tiver certeza: no GMAT as perguntas são respondidas uma de cada vez, a questão seguinte só é apresentada depois da confirmação da resposta, que não poderá ser alterada posteriormente.

Não fique preso: se você chegar à conclusão de que não vai conseguir resolver uma questão, não fique preso nela. Escolha uma das respostas e pule para a próxima.

Preste atenção no tempo: o tempo da prova será contado pelo fiscal na sala e exposto em alguma parte do ambiente.

Olhe para esse relógio periodicamente e tente não deixar nenhuma pergunta sem resposta, o que diminui consideravelmente a sua nota.

E aí, pronto para conquistar sua vaga em um MBA no exterior através do GMAT?

5/5 - (37 votes)

Leave a Reply

Your email address will not be published.