Artigos

Universidade Oxford: Como Conseguir Uma Bolsa?

universidade-oxford

Com certeza você já ouviu falar na Universidade Oxford, não é mesmo? Descubra neste artigo toda história da quase milenar instituição, e como você pode se tornar um estudante dela, que tem tradição em receber alunos de todo o globo.

História da Universidade Oxford

A história da Universidade Oxford remonta a 1096, ano em que datam os primeiros documentos indicando haver ensino na cidade, toda essa tradição faz da universidade a mais antiga da língua inglesa.

A mítica instalação já vivenciou acontecimentos históricos que marcaram a humanidade, como a disputa de um professor com o vaticano, no século XIV, para que a Bíblia pudesse ser traduzida para o inglês, e julgamentos da santa inquisição, que acabaram com pessoas queimadas no pátio da universidade.

Universidade Oxford

Mas foi na era vitoriana que a Universidade Oxford assumiu seu papel de liderança que perdura até hoje, marcando Oxford não somente como o lar de uma antiga faculdade, mas de uma intuição com importância internacional, onde muitos sonham em estudar e os processos são rigorosos, garantindo um ensino de alta padrão.

Toda essa qualidade é comprovada através de rankings, como o Time Higher Education que em 2020 atribuiu a Oxford a primeira colocação. A publicação lista as melhores faculdades do mundo a partir de aspectos ligados a reputação acadêmica, o volume de pesquisas e citações em estudos de outras intuições.

Dados que comprovam a importância da Universidade Oxford

A importância da universidade é percebida em seus números e nomes ligados a ela, muitas pessoas que passaram pelas salas de Oxford foram influentes no mundo todo, formularam teorias e realizaram pesquisas que mudaram nossa vida. A lista é extensa, mas essas são algumas das figuras que transformaram a história:

  • JRR Tolkien – autor da saga O Senhor dos Anéis, respeitado linguista e acadêmico;
  • Stephen Hawking – o famoso físico foi aluno e posteriormente ministrou aulas na universidade;
  • Thomas Hobbes – importante filósofo inglês;
  • Adam Smith – economista político.

Além dos nomes, outros dados comprovam a forte influência da universidade no mundo: 28 primeiros-ministros britânicos – inclusive o atual Boris Johnson -, pelo menos 30 líderes internacionais, 55 vencedores de prêmio Nobel e 120 vencedores de medalhas olímpicas, já estudaram ou lecionaram em Oxford.

Como a Oxford é organizada?

A Universidade Oxford tem 4 divisões acadêmicas principais, que são:

  • Humanidades;
  • Ciências, matemáticas, físicas e da vida;
  • Ciências médicas;
  • Ciências sociais.

Nas divisões principais estão os departamentos, que no total são quase 100, e dentro destes estão os cursos. Um fato curioso que vale a pena ser mencionado, é que outras 39 faculdades espalhadas pelo Reino Unido, recebem o selo de “Faculdade Oxford”, elas são autônomas e independentes financeiramente, mas se relacionam com a universidade central, em uma espécie de sistema federal.

Ambiente acadêmico internacional

Segundo dados de 2018, estudam em Oxford, 11.930 alunos de graduação e 11.813 de pós-graduação, desses 43% são alunos internacionais, de mais de 140 países e regiões diferentes, garantindo o status internacional da universidade. Os três países, com exceção da Inglaterra, com maior representação no campus, são os EUA, a China e a Alemanha. Garantem a presença do Brasil na famosa instituição 82 estudantes.

Processo seletivo da Oxford

Em 2020, 23.000 pessoas se inscreveram para uma vaga de graduação na Universidade Oxford e mais de 34.000 para uma vaga de pós-graduação. Foram aprovados 3.300 novos alunos para o ensino superior e 5.500 para a pós-graduação.

O número, apesar de concorrido, pode não parecer tão assustador quando comparamos com alguns vestibulares aqui do Brasil, porém é importante lembrar que geralmente quem aplica para Oxford está esperando passar, ou seja, a competição é alta, o currículo destes estudantes é brilhante.

Como conseguir uma vaga em Oxford?

Decidiu que vai tentar uma vaga em Oxford? O primeiro passo é definir o seu curso. Na aplicação ele já deve estar escolhido, a instituição recomenda uma pesquisa profunda, para você ter certeza de que escolheu a graduação correta e que melhor combina com você.

No site da universidade, na sessão de requisitos para admissão de estudantes brasileiros, as nossas principais métricas, o ENEM e o certificado de conclusão do ensino médio, constam como não aceitos.

Por tanto, você terá de fazer exames SAT e ACT (eles funcionam como nossas provas de vestibular, englobando questões das áreas da matemática, interpretação de texto, redação e ciências. Essas duas provas podem ser realizadas no Brasil.)

Os cursos podem ter requisitos próprios, mas no geral outros dados como certificado de proficiência em inglês, podendo ser IELTS, uma carta de motivação, onde você explica os motivos de sua aplicação para Oxford e uma carta de recomendação, escrita por professores e pessoas influentes, também são pedidas.

A Universidade Oxford analisa aplicação por aplicação e busca pessoas com habilidades e potencial acadêmico e que demonstram profundo interesse na área aplicada.

Valores e bolsas na Oxford

Os custos para estudar em Oxford são divididos em taxas com a universidade e o seu custo de vida na Inglaterra, ambos não são baratos. Uma estimativa aponta que o valor anual de uma graduação na Universidade Oxford fica entre 24.000 e 34.000 euros por ano.

Oxford University

Porém, esse processo pode ser facilitado se você conseguir uma bolsa. A instituição oferece bolsas para alunos notórios no momento da matrícula e deixa claro que a oferta é pouca para o número total de estudantes, por conta disso, Oxford também indica que você explore opções de financiamento no Brasil.

Como imigrar para estudar na Inglaterra

Todo esforço para entrar na Universidade Oxford de nada vai valer se você não estiver com seu visto em mãos. Após a sua aprovação você deve aplicar para o Tier 4, um visto específico para estudantes de longo período, graduação e pós-graduação, que também te dá o direito de trabalhar 20 horas semanais no país.

É indicado que a aplicação para o visto seja feita pelo menos 3 meses antes do início do curso e os requisitos básicos para o conseguir são:

  • Passaporte em dia;
  • Seguro de saúde;
  • Comprovante da matrícula da instituição já paga;
  • Carta de aceite de Oxford;
  • Comprovação de renda de pelo menos 945 euros mensais.

A Universidade Oxford é aquilo que você procura?

Histórica, reconhecida internacionalmente e com um estudo de qualidade comprovada, a Universidade Oxford pode ser um divisor de água na sua carreira, seus pontos positivos são inúmeros, porém o seu valor pode ser um impeditivo. Estude muito, conheça todas as possibilidades de bolsa e não desista dos seus sonhos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *