Artigos

O que é Fellowship na medicina?

fellowship

Você terminou sua faculdade de medicina, passou por uma residência e ainda tem vontade de aprimorar os seus conhecimentos?

Saiba o que é um fellowship na medicina e, porque essa modalidade de estágio atrai tantos médicos brasileiros para o exterior.

Boa leitura!

O que é um fellowship na medicina?

O fellowship é um programa cujo foco é aprofundar os conhecimentos de um médico já formado e que também já concluiu sua residência em uma área subespecífica. 

Por exemplo, um médico que concluiu sua residência em cardiologia…

Pode buscar um fellowship que irá aprofundar seus conhecimentos em cardiologia pediátrica.

A duração de um fellowship depende da complexidade da área, a maioria dos programas tem duração de um ano, assim como em uma residência o médico não possui total autonomia…

Porém está um grau a mais na hierarquia do centro médico em comparação a um residente.

Por que fazer um fellowship fora do Brasil?

Algumas faculdades que tem parcerias com hospitais no Brasil…

Ofertam programas de fellowship, porém médicos brasileiros tem buscado essa forma de estágio no exterior por dois motivos principais.

O primeiro é se especializar em uma subespecialidade que ainda não tem muita presença no Brasil. Como os hospitais de países como os Estados Unidos, o Canadá…

E a Inglaterra possuem mais verbas para bancar avanços na área, os procedimentos recebem técnicas que ainda não foram difundidas.

Por exemplo, mesmo já presente no Brasil, a cirurgia feita a partir de robôs está presente em vários hospitais na América do Norte, fazendo com que um médico cuja especialidade envolve esse tipo de procedimento tenha a necessidade de ver na prática como a técnica funciona.

Outro motivo é a possibilidade de moradia em outros países. No Canadá, o médico que realiza um fellowship muitas vezes é convidado pelo hospital a trabalhar no centro de saúde após o fim de seu programa, auxiliando o médico em seus trâmites de imigração.

Formatos de fellowship

Hospitais que oferecem programas de fellowship e possuem uma área voltada para a pesquisa e inovações costumam oferecer dois tipos de estágio.

Clinical Fellow

O clinical fellow é o formato tradicional de fellowship e o procurado pela maioria dos médicos. Nesse modelo o foco é a atuação prática em uma clínica. Ou seja, o médico ira auxiliar em procedimentos e observar as técnicas empregadas, para obter o conhecimento necessário e futuramente atuar de maneira autônoma.

Além da realização de uma especialização, o médico interessado no clinical fellow também deve realizar as provas que correspondem a revalidação do diploma no país. Como o USMLE 1 e 2 nos Estados Unidos.

Research Fellow

O segundo modelo, menos procurado, é o que te permite entrar em um hospital para realizar pesquisas. Nessa categoria de fellowship você não precisará revalidar o seu diploma, pois não atuará.

Por ser menos concorrido, o research fellow é uma excelente opção para quem deseja realizar um fellowship na medicina sem a finalidade de imigrar para outros países. Através dele você colocará em seu currículo pesquisas feitas em instituições renomadas.

 

fellowship

Programas nacionais e internacionais

Fellowship USP

No Brasil, algumas instituições oferecem programas de fellowship em hospitais parceiros, uma delas é a USP.

Os programas da universidade brasileira tem duração de 1 ano e necessitam da dedicação do médico por 15 a 40 horas semanais.

Os pré-requisitos para se candidatar a uma vaga é ter feito uma residência médica com carga horária mínima de 2800h.

Entre os principais fellows ofertados estão: cirurgia plástica pediátrica, microcirurgia reconstrutiva e cirurgia do contorno corporal.

Harvard Medical School Fellowship

A famosa universidade americana possui um programa de fellowship voltado para os primeiros cuidados da medicina geral. O programa tem duração de 2 anos e oferece uma bolsa para os estudantes escolhidos.

A seleção dos estudantes que participarão do fellow é rigorosa, tendo em vista que a universidade busca por profissionais que se tornarão mestres na área e formou desde 1979 apenas 300 médicos em seu fellowship médico.

University of British Columbia

A Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá, oferta algumas bolsas ligadas a medicina, entre elas o programa de fellow em radiologia. Nesse fellowship além do conhecimento prático, os bolsistas também ganham a oportunidade de participar de pesquisas e outros projetos acadêmicos.

Como se preparar para um fellowship internacional

Cada programa de fellowship na medicina tem as suas próprias especificidades para a seleção de alunos, mas é importante ter em mente que esses programas são concorridos.

Por tanto, principalmente fora do Brasil, você deverá apresentar um currículo com excelentes habilidades para ser aprovado.

Entre os requisitos estão cartas de referências, escritas preferencialmente por médicos com grande bagagem na área e pesquisadores que elevem os seus talentos; a realização de provas como a USMLE nos Estados Unidos e a MCCEE no Canadá…

E principalmente a sua apresentação pessoal, que deve ser impecável e demonstrar para a instituição porque você é a pessoa certa.

Lembre-se de apresentar todos os itens que possam te promover como um bom profissional. Como cursos já realizados, toda comprovação de sua experiência profissional, os textos e pesquisas que já foram publicados integral ou parcialmente por você.

Além desses itens, o domínio de inglês também é obrigatório para que a sua inscrição seja aceita no processo seletivo de um fellowship.

Aprimore o seu inglês

Para comprovar sua fluência na língua você deverá realizar um exame de proficiência, como o IELTS, o TOEFL e o OET.

Uma excelente maneira de se preparar para uma dessas provas é respondendo um simulado IELTS gratuito, através dele você saberá quais são os seus pontos fortes fracos com o idioma.

Outro ponto a ser estudado é o inglês voltado para o ambiente médico, as provas aplicadas para médicos estrangeiros que procuram vagas em programas de países cuja língua inglesa é a principal são consideradas difíceis.

Nesses exames não só o inglês estará presente, como também o linguajar utilizado no dia-a-dia de centros de saúde.

E aí, pronto para realizar o seu fellowship na medicina fora do Brasil?

5/5 - (18 votes)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *