Artigos

Quanto ganha um enfermeiro em Londres

quanto-ganha-enfermeiro-londres

A enfermagem é um setor de saúde onde somente pessoas qualificadas profissionalmente podem exercer a função de enfermeiro. Essa área apesar de ser desafiadora, vem crescendo cada vez mais!

Mas afinal, como é ser em enfermeiro em Londres?

Enfermeiros são indivíduos altamente compassivos, afinal, estão o tempo todo oferecendo cuidados aos enfermos, muitas vezes enfrentam situações de desgaste físico e mental, e mesmo diante de tais ocasiões, permanecem prestativos.

A medicina sofreu algumas mudanças nos últimos anos, devido a pandemia que atingiu o mundo todo.

Os profissionais se viram em uma situação que os antibióticos não ofereciam os resultados necessários, onde os idosos precisaram de atenção e cuidados redobrados e as vacinas não combatiam as novas doenças.

Porém mesmo diante de um cenário aterrorizante, os enfermeiros se mantiveram firmes em suas funções, sempre na linha de frente, dando o seu melhor e exercendo com profissionalismo o seu dever.

Por esses e outros motivos, muitas pessoas buscam a área da enfermagem para trabalhar e se você chegou até nosso artigo curioso para saber quanto ganha um enfermeiro em Londres, seja para estudar ou já exercer sua função.

Confira!

Como se tornar um enfermeiro em Londres

Antes de partirmos para o salário de enfermeiro em Londres, vamos esclarecer alguns pontos sobre a formação do enfermeiro. Quais os requisitos necessários para exercer essa tão sonhada profissão, que pode ser tão desafiadora quanto gratificante.

Para quem não sabe, a enfermagem é um dos diplomas que mais conquista empregos em todo Reino Unido, cerca de 94% dos estudantes conseguem exercer sua função apenas cinco meses ao término do período de ensino. Os estudantes com diploma se capacitam para diversas colocações no NHS.

Além disso, o curso de enfermagem oferece diversos benefícios para os alunos, onde passam por experiências na prática, onde cuidam de pacientes, em hospitais e até mesmo dentro das comunidades.

Ou seja, estudar enfermagem é algo transformador, durante o curso, os alunos desenvolvem uma paixão pela medicina.

Para se tornar de fato um enfermeiro em Londres, é necessário realizar um curso de graduação em alguma Universidade, claro que existem outros caminhos, mas esse é o principal e mais profissionalizante.

Para fazer o curso, é preciso verificar com a Universidade escolhida quais são os requisitos de entrada necessários, assim como a elegibilidade.

Geralmente os requisitos de elegibilidade necessários são pelo menos GCSEs no grau 4 / C ou superior e precisam ser um na disciplina de ciências, um na de literatura ou inglês.

E por falar em inglês, se você é brasileiro e deseja trabalhar de enfermeiro em Londres, saiba que precisa pronunciar o inglês de maneira fluente.

Esse artigo pode te ajudar na proficiência do inglês; Melhores livros para aprender inglês. 

Além das disciplinas, também é exigido dois níveis A, ou capacitação de três níveis referentes a um diploma de graduação, mas não é regra, já que existem Universidades que exigem três níveis A. Se você já possui um diploma, você pode conseguir estudar uma capacitação de pós-graduação.

A enfermagem possui estágios diferentes, que geralmente são administrados por empregadores, essa decisão também cabe aos alunos, onde podem escolher os estágios que melhor atende suas necessidades.

Alguns outros requisitos:

  • Ensino médio completo

  • Certificação

  • Estágio

  • Ter o inglês como língua oficial ou segunda língua fluente com pelo menos o nível C1 de acordo com o quadro de europeu de qualificação.

  • Ter conhecimento de alguma língua estrangeira é necessário, podendo ser o português.

  • Ter alguma experiência de trabalho com salário médio.

  • Não é necessário carteira de motorista.

quanto-ganha-enfermeiro-londres

Qual o salário de um enfermeiro em Londres

O valor do salário de um enfermeiro em Londres pode variar bastante, de acordo com o ambiente de trabalho, especialmente em instituições privadas. Além disso, outras questões são abordadas, como a experiência e o conhecimento na área, mas a média salarial do enfermeiro é de £ 25,000 á £ 30,000 anualmente. Simplificando, um enfermeiro em Londres ganha entre £ 33,000 e £ 35,000.

A moeda de Londres é GBP L. Ou seja £33.000 é equivalente á R$ 205.716 reais.

O enfermeiro pode exercer sua função em tempo integral, parcial, temporário, noturno ou durante o estágio.

Geralmente o trabalho de enfermeiro consta com uma carga horaria de 40 horas semanais, de segunda a sexta-feira, não sendo regra, já que essa questão pode variar bastante em cada instituição.

O período de férias geralmente é de 28 dias, dependendo do contrato em que o enfermeiro está envolvido, os feriados públicos não são pagos, mas horas extras, sim.

São oferecidos 1 hora de almoço para os enfermeiros e os horários de trabalho não são flexíveis.

Quais áreas um enfermeiro pode trabalhar em Londres

Agora que esclarecemos quanto ganha um enfermeiro no Reino Unido, vamos mostrar um pouco sobre as áreas e funções que o enfermeiro pode exercer dentro das instituições de saúde, que geralmente são divididas em quatro opções.

  • Enfermagem para adultos

Nesse setor, os enfermeiros devem atender pacientes adultos em geral.

Onde podem enfrentam os mais diversos problemas de saúde, como; doenças cardíacas, pneumonia, câncer, diabete, artrite e lesões. Esses pacientes podem necessitar de tratamento a curto e a longo prazo.

Os enfermeiros exercem suas funções em vários locais diferentes, sendo; enfermaria do hospital, ambulatório, clínicas e até mesmo na residência dos pacientes, quando necessário.

O enfermeiro faz parte de um time extremante capacitado e disciplinado, que geralmente é constituído por profissionais terapeutas, radiologistas, farmacêuticos, médicos e auxiliares de saúde em geral.

Além de precisarem de toda colaboração dos familiares dos enfermos, para assim oferecerem os melhores cuidados.

  • Enfermagem Infantil

O enfermeiro infantil pode cuidar desde um recém-nascido á um adolescente lesionado.

Essa é uma das áreas que mais exigem responsabilidade dos enfermeiros, afinal eles podem fazer uma diferença significativa na vida de uma criança, afinal é um setor flexível e com grandes chances de crescer profissionalmente.

Prestar cuidados a uma criança pode ser algo desafiador, já que precisam de cuidados específicos para sua idade, diferente dos adultos em geral.

O enfermeiro deve se atentar aos aspectos da vida da criança, a fim de minimizar os efeitos das doenças.

Os enfermeiros também devem criar uma relação estreita e de muita confiança com os responsáveis das crianças enfermas.

Caso seja do interesse do enfermeiro, ele pode se especializar e exercer sua função realizando visitas de saúde em unidades escolares.

  • Enfermagem para deficientes

Os enfermeiros dessa área exercem uma função importantíssima para crianças, adultos e idosos com deficiência na aprendizagem.

Geralmente essa função é constituída por:

  1. Manter ou melhorar a saúde física e mental do indivíduo.

  2. Reduzir barreiras mentais para ajudar na independência

  3. Dar apoio e ajudar na vontade de viver

Esses profissionais também ajudam os deficientes na busca de suas habilidades, possibilitando assim que possam trabalhar com aquilo que sabem e gostam.

Isso faz com que possam levar uma vida tão comum quanto aos demais, além de facilitar o relacionamento com outras pessoas.

Os locais que os enfermeiros de deficiência na aprendizagem trabalham, geralmente são; residências, escolas, hospitais, comunitários e centros residências.

  • Enfermagem para saúde mental

Essa área é um pouco diferente das demais, pois os enfermeiros devem construir relações com os responsáveis das pessoas com problemas mentais, onde auxiliam nas atividades sociais, terapias, além da medicação.

Os enfermeiros também ajudam aqueles com problemas mentais a compreenderem melhor as situações e encontrar soluções.

Durante o período de ensino dos enfermeiros de saúde mental, eles são treinados para identificarem pessoas que correm possíveis riscos de automutilação.

Geralmente esses profissionais de saúde exercem sua função em enfermaria psiquiátrica, instituição especializada, residência dos pacientes e centros de saúde.

Avalie a post

Leave a Reply

Your email address will not be published.