Artigos

Como ser veterinário no Reino Unido

veterinario-reino-unido

Já imaginou atuar como veterinário fora do Brasil?

Que tal no Reino Unido?

Saiba tudo sobre o exercício da função por profissionais formados no exterior e quais as etapas que compõem esse processo para atuar como veterinário na Inglaterra.

Boa leitura!

Etapas do processo

O caminho para se tornar veterinário no Reino Unido é mais fácil quando comparado com as especificações necessárias para quem deseja se tornar advogado ou médico na ilha, por exemplo.

Porém, todas as etapas devem ser cumpridas fielmente para que a sua licença profissional no país seja emitida.

Revalidação do diploma

Veterinários que se formaram nos Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia e África do Sul têm o processo facilitado.

Se as notas de sua formação, assim como as matérias cursadas foram equivalentes às do Reino Unido, a qualificação como veterinário apto a trabalhar na ilha será concedida.

Já os profissionais que se formaram em outro país, inclusive o Brasil, devem passar por uma prova obrigatória, que tem como objetivo atestar suas habilidades e revalidar o seu diploma.

Todo esse processo é controlado pela RCVS – Royal College of Veterinary Surgeons, órgão que controla a profissão e a emissão de certificados para atuação de veterinários no Reino Unido.

O exame obrigatório também leva o nome da instituição.

Exame RCVS

Agora você já sabe que o primeiro passo para se tornar veterinário na Inglaterra é revalidar o seu diploma, através do exame RCVS.

Confira como funciona a inscrição para essa prova e quais aspectos da área ela aborda. 

O primeiro passo para a realização do exame é preencher e enviar o formulário de declaração de intenção de se associar ao RCVS, assim como enviar todos os documentos necessários para essa etapa, que são os seguintes:

  • Cópia do registro, certificado ou licença para atuar como veterinário;
  • Cópia do passaporte válido;

Assim que a sua intenção for aceita e declarada procedente pelo Departamento de Educação, você receberá as informações referentes a sua inscrição para o exame e as instruções para o pagamento de uma taxa de 2.200 libras.

O exame RCVS é composto por uma prova teórica e outra prática, sendo dividido em 4 partes com diferentes abordagens: pequenos animais, equinos, animais de produção e saúde pública.

A prova teórica é composta apenas por questões dissertativas e pode ser respondida em até 12 horas da sua própria casa, eliminando a necessidade de deslocamentos.

Já a etapa prática, conhecida como QSCE é dividida em dois dias e pode apenas ser realizada no Reino Unido, em dois centros, a Escola de Medicina e Veterinária e a Universidade de Glasgow.

Estude para o exame de maneira prática na Inglaterra

Considerado difícil, o exame RCVS requer muito estudo de seus interessados. Por conta disso, o órgão permite que os candidatos estudem para a prova de maneira prática em solo inglês.

Após ter a sua declaração de intenção preenchida e aceita, você estará automaticamente qualificado para assistir à prática de clínicas veterinárias, para que você entenda como funciona a aplicação dos ensinamentos do curso de veterinário na Inglaterra.

Exame de proficiência

Como você percebeu o exame RCVS é de longa duração e exige máxima capacidade de ler e escrever em inglês, por conta disso, a realização de um exame de proficiência é uma etapa obrigatória para quem deseja realizar o exame RCVS.

Além disso, você também precisará da nota do exame de proficiência para aplicar para o visto de trabalho. 

As notas necessárias para que você seja considerado apto a realizar a prova, são:

  • Pontuação média mínima de 7.0 no IELTS, sendo que apenas um componente pode apresentar um nota inferior a 7.0, não sendo essa menos do que 6.5;
  • Grau B ou superior no OET, sendo que apenas um componente pode apresentar uma nota inferior a B, não sendo essa menos do que C+.

veterinario-reino-unido

Visto para morar no Reino Unido

Se você possui dupla nacionalidade, sendo uma delas do Reino Unido ou de um país que faz parte da União Europeia, a aprovação no exame RCVS e na prova de proficiência já garantirá que você possa atuar como veterinário no Reino Unido.

Porém, se você possui apenas a nacionalidade brasileira deverá aplicar para um visto de trabalho, neste caso o visto de trabalhador qualificado.

Esse visto é concedido para trabalhadores que possuem proposta de empregos de alguma instituição ou empresa atuante no Reino Unido, que se compromete a ser o seu sponsor durante os primeiros anos no país.

É indicado que a vaga seja pesquisada e encontrada antes de sair do Brasil, assim como entrevistas e acertos contratuais também sejam feitos antes da sua ida para a Inglaterra.

Como o Reino Unido não concede vistos antecipadamente, você deverá apresentar todos os documentos que comprovem sua elegibilidade para trabalhar legalmente no país no momento da entrada.

Esses documentos são:

  • Documento oficial de viagem ou passaporte;
  • Duas fotos 3×4 coloridas, de preferência similares à do passaporte;
  • Evidências do seu estado civil;
  • Evidências da sua condição de emprego ou estudo atual;
  • Comprovação de renda;
  • Comprovação de qualificação profissional no Reino Unido através da realização do exame RCVS;
  • Comprovação e nota do exame de proficiência;
  • Oferta de emprego de uma empresa do Reino Unido.

Outra opção é ir para o Reino Unido antes de finalizar o seu processo.

Você pode entrar no país com um visto de estudante válido para realizar o estudo prático para o exame e enquanto seu visto ainda é válido responder à prova e aguardar o resultado.

Enquanto isso você poderá procurar por empregos, assim quando a sua situação junto ao RCVS se regularizar, você poderá alterar o seu visto para o de trabalho.

Mercado de trabalho

Um veterinário trabalha em média 40 horas semanais no Reino Unido.

Sendo o salário médio mensal de um profissional que atua em cargos de maior autoridade 4.696 libras, enquanto o salário médio do país é de 2.525 libras mensais.

As principais vagas de trabalho são disponibilizadas por clínicas veterinárias, porém também existe a possibilidade de se abrir uma clínica própria.

O salário de um veterinário na Inglaterra não é tão alto como o de um médico ou advogado, porém os ganhos e a qualidade de vida proporcional a eles superam muito a realidade do Brasil.

E aí, pronto para ser veterinário no Reino Unido?

Avalie a post

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *