Artigos

Como é Morar na Austrália? Qual Custo de Vida?

Morar na Austrália

Desejada por muitos brasileiros, principalmente quando o assunto é Intercâmbio, a Austrália, pode ser a opção perfeita para você que busca um país de primeiro mundo para imigrar.

Praias, cidades modernas, natureza e diversidade populacional compõem algumas das qualidades presentes no dia-a-dia de quem decide morar na Austrália. Conheça os formatos de entrada para imigração de brasileiros no maior país da Oceania e como é a vida lá. Boa leitura!

Vivendo na Austrália legalmente

Se você decidiu que quer viver na Austrália, saiba que existem algumas possibilidades, porém, todas representam um certo desafio e requerem atenção e dedicação para serem cumpridas.

Se você tem interesse em morar na Austrália trabalhando como médico, saiba que as condições diferem, sendo necessária a validação do diploma no país ou a realização de um curso de graduação em solo australiano.

Visto de trabalho

A categoria mais utilizada de visto por brasileiros que decidem morar na Austrália é o visto de trabalho. Como o país é famoso por receber intercambistas, muitos acabam conseguindo permissão para trabalhar enquanto realizam seus estudos.

Ao final do visto de estudos, a empresa pode decidir comprovar a necessidade de ter você como funcionário, a partir desse processo é que você obterá o visto de trabalho.

Morar na Austrália

Lembre-se, não basta que você dê entrada no processo, o seu empregador precisa comprar a necessidade de ter você especificamente trabalhando para ele. Por tanto, ao conseguir um emprego que corresponda às suas habilidades, dê o seu máximo.

Programa de imigração qualificada

Chamado em inglês de Skilled Visa, os vistos que fazem parte dessa categoria, são parte de uma ação do governo australiano para atrair mão de obra qualificada ao país. Uma de suas vantagens é a possibilidade de levar sua família junto, o que não é possível como o visto de trabalho comum.

O visto é ofertado em dois formatos:

Visto subclasse 189 de imigração permanente qualificada

Para morar na Austrália a partir de sua qualificação profissional, você deve atuar em uma área que esteja na lista de habilidades elegíveis para imigração permanente.

Com sua profissão descrita na lista, você deverá comprovar seu reconhecimento profissional por um órgão competente. No Brasil, possuímos os conselhos regionais, ou seja, você deverá apresentar sua matrícula do conselho de sua área.

Tendo suas informações pessoais casadas com seus dados profissionais, você receberá uma nota no chamado Teste de Pontos da Imigração, que considera sua idade, qualificações, experiência profissional e proficiência na língua inglesa.

A partir dessa pontuação, você deverá aguardar um convite do governo para enfim poder morar na Austrália tendo a disponibilidade de exercer sua profissão em todo o país.

Visto subclasse 190 de imigração qualificada com nomeação estadual

Similar ao formato de visto anterior, essa subclasse se difere somente por sua efetivação e área de atuação. Ao invés do governo federal, você será nomeado por um estado ou território australiano que esteja com falta de profissionais da sua qualificação.

Visto regional

Ofertado pelo governo para incentivar o crescimento de áreas menores e distribuir a população pelo país, o visto regional é mais uma das categorias elegíveis para estrangeiros que gostariam de morar na Austrália.

Uma das vantagens de participar do programa, é a maior abrangência de profissões aceitas nesse formato de visto e necessidades de qualificações mais baixas, como o aceite de notas menores em exames de proficiência na língua inglesa.

Visto através de investimentos

Outra possibilidade de visto para morar na Austrália, é o concedido através de investimentos no país. Os interessados devem possuir patrimônio líquido de pelo menos 2.500.000,00 dólares australianos e investir um mínimo de 1.500.000,00 de dólares australianos em ações de uma empresa local.

Como é morar na Austrália

Famosa pelas praias, a Austrália possui uma população de cerca de 25 milhões de habitantes, concentradas principalmente nas regiões litorâneas do país. Colonizado por ingleses, o país também é reconhecido por sua abertura a diversas culturas, do seu número de habitantes totais, 25% são estrangeiros.

Com um dos maiores índices de desenvolvimento humano do mundo, a Austrália garante a seus habitantes serviços como saúde, educação e transporte público de qualidade. Esses fatores contribuem também para que o país figure nas primeiras posições em mais dois índices: o da felicidade e o da expectativa de vida.

Apesar desses excelentes indicadores, fatores como o jeito reservado dos australianos e a dificuldade de se adaptar com a culinária local, podem representar um desafio para você. Mas, morar na Austrália também significa estar perto de vários brasileiros, tendo em vista o alto número de conterrâneos já vivendo lá.

Custo de vida na Austrália

O custo de vida na Austrália é considerado alto, mas isso também vai depender da cidade que você escolher morar. Grandes centros como Sidney e Melbourne possuem um dos aluguéis mais caros do mundo. Nestes casos, uma excelente opção é procurar pessoas para dividir apartamentos.

Para começar uma vida básica na Austrália, o custo de vida anual fica na média de 25 mil dólares australianos por ano, sendo o salário mínimo por hora no país de 19,85 dólares australianos.

Ou seja, se você conseguir um emprego onde trabalhe 6 horas por dia, 5 vezes na semana e ganhando o salário mínimo, o montante já seria o suficiente para suprir os custos anuais de um estilo de vida que comporta coisas como: dividir apartamento, utilizar o transporte público e realizar as refeições primordialmente em casa.

Não se esqueça do inglês

Para morar na Austrália, você precisará necessariamente aprender inglês. A língua oficial do país, não só te permite diversas interações com a cultura local e facilita o seu dia-a-dia como residente, mas também é um item obrigatório nos processos imigratórios.

Para conseguir o seu visto, independente da categoria, um dos requisitos de mais peso é a realização de um exame de proficiência, sendo o TOEFL e o IELTS os mais aceitos.

Por tanto, por mais que viver na Austrália ainda seja um sonho para você, dê pequenos passos a partir do que você pode realizar agora, estude, se aprimore no inglês e fique mais perto da sua nova vida na terra dos cangurus.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *