Artigos

Subject verb agreement: dicas para acertar a concordância no inglês

subject-verb-agreement

Afinal, preciso mesmo aprender concordância?

A menos que você esteja disposto a cometer erros como “a gente vamos” ou “eles foi” (em inglês, é claro), a resposta é: sim, você precisa aprender subject verb agreement!

E o que é isso?

Nada além do que conhecemos mais correntemente como “concordância verbal”.

Embora seja um fato que a gramática do inglês tem particularidades diferentes da nossa e o objetivo deste artigo não seja comparar os dois idiomas, saber um pouco mais sobre a nossa própria língua pode ajudar a esclarecer o “pulo do gato” quando o assunto é a estrutura das frases no inglês.

Você perceberá que a sintaxe do inglês não é tão difícil assim quando perceber que, também em português, nós usamos todos os dias a estrutura S + V + O (sujeito + verbo + objeto).

Na esmagadora parte das vezes, quando nos comunicamos, alguém pratica uma ação que é detalhada na sequência, no que é chamado de “ordem direta”:

Maria abriu a porta.

O cachorro comeu a ração.

Minha irmã estuda alemão.

No inglês, a estrutura S + V + O também está presente, o que facilita um bocado para os brasileiros aprenderem esse idioma: afinal, não é algo assim tão fora da nossa realidade.

Você já sabe intuitivamente como construir uma frase em inglês!

Porém, como nem tudo é sempre tão simples, a ideia não é que você pense em português e depois traduza essa frase, porque isso não contribui para a fluência.

Você precisa construir as frases em inglês no seu pensamento e verbalizá-las em seguida.

É isso que proporciona um diálogo rápido, fluido, com um nativo de qualquer país que tenha o inglês como primeira língua.

Regras principais de subject verb agreement

1- O verbo precisa concordar com o sujeito

Se o sujeito estiver no singular, o verbo estará no singular. Se o sujeito estiver no plural, obrigatoriamente o verbo estará no plural.

Exemplo: The book is on the table. (singular)

The books are on the table. (plural)

Obs.: Se o verbo estiver no passado ou for invariável, ele não muda.

Exemplos: I watched TV last night. / They watched TV last night. (passado)

I go to school by bus. / We go to school by bus. (invariável)

2- Se o sujeito tiver of, espere que o verbo esteja no singular.

Exemplo: A new kind of popular cars is emerging this Summer. (o sujeito vem antes de of = a new kind)

3- Sujeito em que consta or, either ou neither pede verbo no singular.

Exemplos: My dad or my mom is going to answer the door.

Neither my cousin or my girlfriend is here today.

4- O verbo pode combinar com a palavra mais próxima (substantivo ou pronome).

Exemplos: Neither the ice cream or the muffins were on the fridge. (correto, porque were concorda com muffins)

Neither the ice cream or the muffins was on the fridge. (correto, conforme explicado na regra 3)

5- Se o sujeito tiver and, o verbo fica no plural.

Exemplo: Bees and butterflies are insects.

6- Se existir uma oração intercalada, ignore-a para saber como fazer a concordância do verbo com o sujeito.

Tanto faz se é uma oração intercalada entre vírgulas ou parênteses.

Note que isso pode soar estranho na linguagem oral, mas funciona perfeitamente bem na escrita.

Exemplos: Happiness, as well as sadness, is a natural part of life.

My mom (and her new husband) is ready to travel to England.

7- Em frases com here e there, o sujeito está depois do verbo, não antes. Concorde o verbo com o sujeito.

Exemplo: There is rain all over there.

Here comes the sun.

8- Se estiver falando sobre distâncias e tempo, mantenha o singular.

Exemplos: Ten years is too much time, so I don’t remember her.

Five miles away from here is another restaurant.

9- Quando existir uma indicação de porção, o verbo concorda com o substantivo após of.

Exemplos: A lot of the city is excited for the Christmas’ Eve.

A lot of the cities are excited for the Christmas’ Eve.

Some of the ice cream is already melt.

Some of the ice creams are already melt.

subject-verb-agreement

10- None é considerada pela maioria dos gramáticos uma palavra que exige verbo no singular, mas isso nem sempre soa bem.

Exemplos: Pears, apples… None is fresh enough to buy today. (singular)

None of the people are willing to travel to Chicago next Winter. (plural)

11- O verbo no subjunctive mood, quando expressa desejo, fica sempre no passado.

Exemplo: I wish I were there.

If Sarah were my friend, I wouldn’t let her down.

Dicas finais para não errar mais o subject verb agreement

Não, a dica não vai ser “treine até aprender”, embora isso seja importante!

O fundamental para usar corretamente o subject verb agreement é saber localizar, na frase, onde está o verbo e, depois, o sujeito.

O mais comum é que, ao ler uma oração, nós nos concentremos primeiramente no sentido da frase.

Nosso cérebro é programado para procurar o sentido das coisas, não tente lutar contra isso.

Entretanto, depois de compreender do que ela se trata, você precisa identificar onde está o verbo e em que tempo verbal ele está. Ele tem algum sufixo, como -ed, que mostre que ele está no passado?

Se sim, a chance de que você deva se preocupar com a concordância é bem baixa. Se estiver no futuro, também, afinal ele aparecerá acompanhando de going to ou de will e permanecerá invariável.

Verbos conjugados no presente demandam mais atenção.

Você deve, depois de isolar o verbo, isolar o sujeito, que tende a estar antes do verbo.

Note, em seguida, quantos núcleos tem esse sujeito.

Quantas pessoas estão envolvidas na ação? Há os nomes delas? Elas formam um grupo? Ou é apenas uma pessoa?

Tirar um tempo para fazer esse diagnóstico da frase vai poupar você de erros decorrentes de pura distração.

Com a prática, você verá que a conjugação passa a fluir naturalmente na oralidade e na escrita, sem que você precise se preocupar o tempo todo com o subject verb agreement.

Avalie a post

Leave a Reply

Your email address will not be published.